quarta-feira, 29 de julho de 2009

Tédio...

Dias que passam cinzenta e lentamente
O frio que corrói os ossos e os corações solitários não cessa...
Minhas preocupações e lamurias continuam a pairar sobre minha cabeça.
Atormentada pelas minhas próprias idéias e divagações...
Dias se arrastando, aumentando certas angustias e temores antigos...
Uma cabeça insana que parece pulsar de tantos devaneios.
Apenas pióro tudo com meus pensamentos nada otimistas...
Poderia ter ido embora minha melancolia...
Mas a fiel companheira aqui está a perturbar-me, a sugar-me novamente...
Puxa-me para o buraco de onde vim...
Os braços que me salvam apenas sumiram, apenas não estão aqui agora...
e continuo a cair e cair...
Um tipo de sentimento pesado que nunca se finda...
se esconde, se prepara para um bote...
E ressurgi, e me pega pela mão...e me leva.
Me mostra seus espinhos e me assombra volta e meia...
por melhor que se esteja, as vezes vem soprar em meu ouvido..
Com palavras que queimam, que fuçam as feridas mais profundas...
Há sempre algo para atormentar-me..
Anseio pela brisa suave de outrora..
Aquela que me faz sorrir instantaneamente...
Volte luz cintilante, brilhe em meus olhos novamente...
Mude minha feição de pavor...
Mande a melancolia para outro lugar que não aqui em meu coração...
esses dias obscuros que nunca se vão...
Ah, esses pensamentos que me consumirão.

♫We're so close to the flame
Burning brightly
It won't fade away and leave us lonely♫
(HIM)

6 comentários:

  1. Querida, você escreve bem, porém, deve cuidar certos erros (erros bobos, mas erros) como "mais melhor", "pioro", são coisas pequenas mas que podem fazer a diferença!

    Esses medos, temores são absurdamente normais, machucam, aprisionam, mas são normais.
    Tente se agarrar no que de mais bonito há na tua vida, pese o que há de bom e ruim, mas sempre se agarre no mais florido.
    É bobo ser feliz em exagero, mas também comete o mesmo erro quem se agarra nas trevas que existe em cada um de nós.
    Seja feliz, pequena... não pense tanto nos outros, no futuro, em eternidade. Aproveite o que a vida lhe dá agora.
    Tudo um dia acaba, o bem e o mal, o que vale é o caminho que os leva até o o final.
    Beijos carinhosos.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Sem dúvidas essa é a melhor parte do texto " Dias que passam cinzenta e lentamente
    O frio que corrói os ossos e os corações solitários não ceça..."

    Vc tem um talento peculiar pra escrever.
    Parabéns !

    ResponderExcluir
  3. amei, quem sera esse anonimo o.o
    haeuha
    nunca aparece anonimo no meu blog o.o ainda bem uahuehaa

    close to the flame *-*.

    ResponderExcluir
  4. Dyn, vou começar a acompanhar teu blog, right? Teamobrotinho <3
    NWinchester

    ResponderExcluir
  5. Valeu pelo elogio!
    E lembro de ti sim aoidsjoisajdoi
    beijo

    ResponderExcluir